Igreja do Salvador de Aveleda

Igreja do Salvador de Aveleda
A Igreja do Salvador de Aveleda, classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1978, integra o percurso turístico-cultural da Rota do Românico.

Esta Igreja é um testemunho da longa persistência das formas românicas na arquitectura medieval portuguesa.

O portal ocidental apresenta elementos românicos muito tardios. O recorte das bases tem paralelos com outros exemplares do Vale do Sousa, como as Igrejas de São Vicente de Sousa, do Salvador de Unhão, Santa Maria de Airães, localizadas em Felgueiras, e São Gens de Boelhe, em Penafiel.

Os portais laterais, sem colunas, são sintoma de um românico já muito avançado no tempo. É mais correcto designar estes elementos de românico de resistência, tal é o aspecto tardio que patenteiam. Os cachorros lisos são outro sintoma de uma construção que dificilmente será anterior ao final do século XIII ou mesmo ao início do século XIV, embora a fundação da Igreja remonte aos séculos XI ou XII.

A sacristia, a capela-mor e a torre–sineira correspondem a reformas dos séculos XVII e XVIII.

GPS: N 41º 16' 46,51'' , O 8º 15' 10,95''

Mais informações em www.rotadoromanico.com




por Rota do Românico





Aqui perto....

Torre de Vilar 
Ponte de Vilela 
Lustosa 
Igreja do Salvador de Aveleda 
Torno 
Igreja de Santa Maria de Meinedo 
Ponte de Vilela