Torre de Vilar

Torre de Vilar
A Torre de Vilar, classificada como Imóvel de Interesse Público desde 1978, integra o percurso turístico-cultural da Rota do Românico.

De planta rectangular, esta Torre ergue-se sobre um afloramento granítico que coroa uma pequena elevação.

É construída em excelente aparelho de cantaria granítica, com a presença de siglas de canteiro. Conserva a altura correspondente a cinco pisos. As fachadas apresentam numerosas seteiras.

Subsistem vários níveis de mísulas salientes que constituíam os apoios correspondentes aos vigamentos de quatro pisos.

No interior conservam-se nichos que comprovam a função residencial desta Torre.
Um quinto e último piso correspondia ao adarve que deveria apresentar merlões, entretanto desaparecidos.

A Torre de Vilar, mais do que uma construção militar, é um símbolo do poder senhorial sobre o território. Constitui um estimável testemunho da existência da domus fortis, a residência senhorial fortificada, na região do Vale do Sousa. Deverá ter sido construída entre a segunda metade do século XIII e o início do século XIV.

Segundo as Inquirições de 1258, Sancte Marie de Vilar era Honra de D. Gil Martins e dos seus descendentes, da estirpe dos Riba Vizela.

GPS: N 41º 17' 3,93'' , O 8º 12' 45,99''

Mais informações em www.rotadoromanico.com




por Rota do Românico





Aqui perto....

Senhor do padrão 
Ponte de Vilela 
Igreja de Sta Eulália 
Capela de Santo Gonçalo - Macieira 
Cristelos 
Meinedo 
Igreja de Santa Maria de Meinedo