Igreja de São Gens de Boelhe

Igreja de São Gens de Boelhe
A Igreja de São Gens de Boelhe, classificada como Monumento Nacional desde 1927, integra o percurso turístico-cultural da Rota do Românico.

Nesta Igreja é de realçar a qualidade patente na construção dos muros, nos quais é visível uma apreciável quantidade de siglas geométricas e alfabéticas. O portal principal apresenta semelhanças com os portais das Igrejas de São Vicente de Sousa, do Salvador de Unhão e de Santa Maria de Airães, localizadas em Felgueiras.

Os capitéis do portal com palmetas executadas a bisel, típicas do românico rural do Vale do Sousa, e ornatos grafíticos de cruzes dentro de círculos acusam a reviviscência de técnicas decorativas tradicionais.

Esta Igreja, que foi edificada entre os meados e o final do século XIII, caracteriza-se por ser uma das mais conseguidas expressões decorativas do românico rural.

Na fachada norte, a cachorrada apresenta uma assinalável variedade de motivos que vão desde cabeças de touro até homens que transportam pedra. A tradição atribui a fundação da Igreja de Boelhe ora à filha de D. Sancho I, a Beata Mafalda, ora à sua avó, a rainha D. Mafalda, mulher de D. Afonso Henriques.

GPS: N 41º 8' 5,85'' , O 8º 14' 33,41''

Mais informações em www.rotadoromanico.com




por Rota do Românico





Aqui perto....

Capela Românica da Senhora do Monte  
Novas energias em Sebolido 
Rio Tâmega em Abragão 
Igreja do Sameiro 
Sebolido  
Igreja de São Pedro de Abragão 
São Martinho Recezinhos