FESTA DE SANTA BÁRBARA

FESTA DE SANTA BÁRBARA
O dia da festa de santa barbará é dia 4 de Dezembro, nesse dia guarda-mos dia santo, temos missa cantada e sermão em honra da santa na sua capela, também temos um pouco o almoço diferente. Mas como é inverno e o tempo por vezes não permite para festejar como a gente deseja, então resolve-mos festeja-la no mês de Agosto ,primeiro porque há mais população, temos cá quase todos os filhos da terra, ou os nossos emigrantes e também como é verão o tempo dá para tudo.
É festejada no 3º domingo de Agosto, normalmente são 3 dias de festa, sexta-feira a noite temos o inicio com um grupo popular, sábado temos de futebol de casados contra solteiros a noite temos procissão de velas com um andor de nossa senhora de Fátima, finalizando comum grande arraial. Domingo temos uma descarga de foguetes para acordar os dorminhocos depois temos missa cantada e sermão em a procissão com 4 andores, depois o almoço, é tradição da terra termos cordeiro assado, leitão, vitela ou frango com batata no forno e arroz, é tudo assado nos fornos de lenha com um final de sobremesa, antigamente pelo que ouvimos contar aos nossos pais era um pouco diferente, não havia divertimentos como há agora e a musica era um pouco diferente era com concertinas a tocar pelas ruas da aldeia, a tarde temos um rancho folclórico em seguida um grande leilão com as ofertas dos filhos da terra, depois á noite temos um final com um grande arraial.

O dia da festa de Santa Bárbara é dia 4 de Dezembro. Nesse dia, guardamos dia santo, temos missa cantada e sermão em honra da santa na sua capela e também temos um almoço um pouco diferente.
No entanto, como é Inverno e o tempo por vezes não permite festejar como a gente deseja, resolvemos festejá-lo no mês de Agosto, primeiro porque há mais população, temos cá quase todos os filhos da terra, incluindo os nossos emigrantes, e segundo porque, como é Verão, o tempo dá para tudo.
Assim, a festa é realizada no 3º domingo de Agosto e, normalmente, são 3 dias de festa. Sexta-feira à noite temos o início com um grupo popular; sábado, durante o dia, temos futebol de casados contra solteiros e, à noite, temos procissão de velas com um andor de nossa senhora de Fátima, a qual acaba com um grande arraial. Domingo, temos uma descarga de foguetes para acordar os dorminhocos; depois temos missa cantada e sermão numa procissão com 4 andores. Por fim, temos o almoço: é tradição da terra termos cordeiro assado, leitão, vitela ou frango com batata no forno e arroz, tudo assado nos fornos de lenha.
Pelo que ouvimos contar aos nossos pais, antigamente era um pouco diferente; não havia divertimentos como há agora e a música era um pouco diferente, pois só havia concertinas a tocar pelas ruas da aldeia. Agora, temos um rancho folclórico, faz-se um grande leilão com as ofertas dos filhos da terra e, à noite, temos o final da festa com um grande arraial.




por EFA 17





Aqui perto....

Oura em Festa 
Selhariz 
Moinhos no Tâmega 
Ponte Romana sobre o Rio Tâmega 
Travancas - igreja 
Igreja Matriz 
Outeiro Seco